_
Grupo Bimbo > História do Grupo Bimbo

sobre
o grupo bimbo

História do Grupo

Grupo Bimbo dispõe um alto valor a produtividade, a qualidade e prima pelo serviço ao consumidor

Criar uma empresa, expandi-la e consolidá-la tem sido, para todos que de alguma forma estiveram envolvidos, uma aventura apaixonante.

No dia 2 de dezembro de 1945 inicia suas atividades a primeira fábrica de produtos panificados – Bimbo S.A. com sede em Santa Maria Insurgentes, no México. As instalações eram compostas por escritórios, um pátio, um armazém e uma área de produção que hoje seria considerada primitiva, pois algumas operações eram feitas manualmente, por exemplo, os bolos e pães chegavam a ser desenformados através de golpes, com muita força.

Os primeiros produtos do Ursinho Bimbo que incluíam o pão de forma, o pão de forma pequeno e as torradas, saíram do forno às 15 horas deste dia 2 de dezembro. O pão preto começou a ser fabricado a partir de janeiro de 1946 e no final do ano seguinte foi lançada ao mercado a linha de bolos.

A distribuição para padarias, lojas de fábrica e lojas do pequeno varejo eram realizadas por 10 caminhões que abasteciam unicamente a Cidade do México.

Hoje o Grupo Bimbo produz, distribui e comercializa mais de 8000 produtos, dos quais se destacam uma grande variedade de pães, bolinhos do tipo caseiro, biscoitos, doces, chocolates, batatas doces e salgados, tortilhas de milho e farinha de trigo, torradas, e “cajeta” (doce de leite).

Para a distribuição de seus produtos fabricados em suas 156 fábricas, 2 empresas comercializadoras e 5 associadas instaladas em 19 países da América, Ásia e Europa, e abastece 2 milhões de pontos de vendas.

Clique aqui e conheça a história completa do Grupo Bimbo

História no Brasil

Temos a firme convicção de conservar o valor de nossas marcas e seguir desenvolvendo produtos que satisfaçam as necessidades e expectativas de sua ampla gama de consumidores

Há anos a Bimbo do Brasil produz os pães, bisnaguinhas, bolos, rocamboles e doces que você adora e que estão presentes todos os dias em sua casa e em milhares de lares do Brasil.

Suas principais marcas – PULLMAN, PLUS VITA, ANA MARIA, LAURA, FIRENZE e NUTRELLA – estão fortemente ligadas à família brasileira e são sinônimos de qualidade e tradição em seus mercados.

Para entendermos a história da Bimbo desde a sua chegada ao Brasil é preciso conhecermos inicialmente as histórias da Plus Vita e da Pullman, e mais recentemente, da Nutrella.

Plus Vita

Quando nos referimos a pão de forma no Rio de Janeiro, o primeiro nome que vem à mente dos consumidores é Plus Vita, sinônimo de qualidade e tradição desde 1939. É líder no mercado e possui hoje uma variedade de produtos, desde o pão de forma original a pães especiais, bolos e barrinhas.

Foi fundada em 1939 pelo Sr. Delfim de Almeida Ribeiro como uma padaria no mercado do Rio de Janeiro. Foi pioneira por ter trazido na década de 50, pela primeira vez ao mercado carioca, o pão de forma tradicional.

A Plus Vita iniciou suas atividades com dois colaboradores, em uma área de 9 m² para atender uma demanda crescente de consumidores . Foi necessário expandir-se e, por isso, instalou uma fábrica na Rua Alexandre Mackenzie, no Bairro Saúde, depois na Rua Lino Teixeira, Bairro Jacaré e na estrada Velha da Pavuna, Bairro de Inhaúma. A Plus Vita foi a primeira empresa a adquirir um forno elétrico no Brasil.

Plus Vita, em latim, significa Mais Vida. A marca entende que sentir-se bem é se cuidar, e sempre busca de soluções em linha com as necessidades do consumidor mais atento à qualidade de vida e preocupado com uma alimentação saudável, equilibrada e saborosa Preza pela saudabilidade e qualidade, disponibilizando aos seus consumidores produtos elaborados com receitas balanceadas e com os ingredientes ricos em fibras e nutritivos.

Em 1989, a Plus Vita completou 50 anos e passou a ser controlada pela Santista Alimentos, uma empresa do Grupo Bunge, que industrializa e comercializa alimentos. Em 1995, a Santista adquire a Pullman que passa a fazer parte da “Plus Vita Ltda”. No dia 16 de março de 2001, a Plus Vita Ltda. passa a ser uma empresa do Grupo Bimbo.

Pullman

Quando foi inaugurada, em julho de 1950, a “Pão Americano Ind. e Com. S/A” era uma moderna panificadora. Instalada inicialmente na Rua Augusta, empregava 25 colaboradores para fazer o que uma padaria comum só conseguiria com 250 homens. Com o novo e revolucionário processo de panificação mecanizada, em 1953, surgia o primeiro pão de forma do Brasil: o Pão Pullman.

Para fortalecer ainda mais sua imagem junto ao público, a empresa adotava estratégias de divulgação ousadas para a época. Na década de 50, patrocinou e deu nome a um programa infantil de televisão, o “Pullman Júnior”, que se manteve no ar por 23 anos. Foi também a primeira empresa a colocar outdoors nas laterais dos caminhões de distribuição.

A inovação abriu o mercado e em 1957 foi necessária a abertura de uma filial no Rio de Janeiro, com uma fábrica para atender a região.

Quatro anos depois, em 1961, a empresa de São Paulo deixava de ser uma panificadora para se transformar em indústria. E a “Pão Americano” constrói outra fábrica na Avenida Giovani Gronchi, em São Paulo.

Para esta nova fase, novos equipamentos e maquinários são adquiridos e mais pessoas são contratadas. A produção cresce e em 1988, inaugura sua fábrica na Rodovia Raposo Tavares, em São Paulo.

Em dezembro de 1995 começa uma nova fase para a empresa. O Grupo Bunge adquire o “Pão Americano”, que mudou sua razão social para “Pullman Alimentos S/A” e, em 16 de junho de 1996, com a conclusão do processo de incorporação passou a ser “Plus Vita S/A”.

Nutrella

A história da Nutrella começou a ser contada na década de 1950, quando a família de Albino Neitzke, filho de imigrantes alemães, abriu uma pequena padaria em Novo Hamburgo/RS.

A dedicação e a qualidade do trabalho resultaram em desenvolvimento econômico e a família mudou-se para Porto Alegre, onde inaugurou uma das mais tradicionais padarias da cidade: a Padaria Vitória.

Com o tempo, os negócios prosperaram até que em 1º de janeiro de 1972 foi fundada a Industrial de Alimentos Biscosul Ltda., com fábrica instalada na cidade de Gravataí, região metropolitana de Porto Alegre.

Apenas um ano depois, graças ao espírito empreendedor do filho do fundador, Ari Neitzke, a indústria já era considerada uma das mais importantes no setor de panificação do país. A partir de então, a empresa assumiu a marca fantasia Nutrella e ingressou no mercado de panificação industrial.

Após se tornar uma empresa reconhecida em toda a região Sul pela qualidade e inovação de seus produtos, a Nutrella começou a expandir seu mercado de atuação. Em 2001, uma parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento e Participação (BNDSPAR), possibilitou a inauguração, em junho de 2002, de uma nova planta fabril na cidade de Mogi das Cruzes/SP. A empresa adotou, então, a razão social Nutrella Alimentos S.A.

Em 2008, a empresa gerava mais de 900 empregos diretos e se firmava como uma das grandes competidoras nacionais do negócio de panificação, com uma postura pioneira, voltada para a qualidade e as necessidades do mercado. A Nutrella foi a primeira empresa gaúcha a criar novos segmentos de mercado com o lançamento das linhas de pães integrais e brancos light.

No dia 8 de maio de 2008, a Bimbo adquire a Nutrella, que passa a ser mais uma empresa do Grupo Bimbo.

TOPO